O que é FOPO? E como evitar o cancelamento?

O que te impede de publicar mais aqui no LinkedIn? Afinal, todos têm o que postar… Muitas vezes, a resposta é medo. E isso pode ter a ver com a “cultura do cancelamento”, que ganha cada vez mais espaço no ambiente digital. Principalmente, neste período de distanciamento social, no qual o consumo de dados de internet teve um aumento entre 40% e 50%, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Mas o que é a “cultura do cancelamento”? É a ação em massa de “unfollows” ou de críticas à opinião de uma pessoa ou empresa, que a “cancela” em ambiente digital. Esta premissa se deve à diversas razões, mas, em grande parte, está relacionada a questões sociais e/ou políticas. Porém, em um mundo livre, onde liberdade de expressão é uma realidade (ou deveria ser), como saber se o que você posta é ou não cancelável?

Por não haver resposta exata- já que sempre há dois lados em uma mesma moeda -, as pessoas desenvolvem o FOPO (Fear Of Other People’s Opinion). Que, na tradução para o português, é o medo da opinião dos outros. Em outras mídias, este medo é real, por interferir diretamente na vida social. No Linkedin, ele se torna ainda maior, pois pode gerar crises de imagem corporativa e, consequentemente, perda de oportunidades de negócios ou emprego.

Mas não se preocupe. Se você é especialista em algo, tem acesso a dados confiáveis/reais e entende do assunto, por que não compartilhar seu conhecimento? Não há cancelamento para quem tem a acrescentar. Só tenha cuidado para que sua opinião não invalide a de ninguém.

Edição: Leandro Nunes e Juliana Caramelo.

Mitos sobre as relações públicas

Relações Públicas não é uma atividade exatamente fácil de se explicar. É rodeada de mal entendidos e mitos que se perpetuam de geração para geração.

A LVBA, como uma das agências de RP pioneiras no país, tenta quebrar alguns dos principais mitos relacionados à atividade:

(mais…)

Quem lê tanta notícia?

Quem se lembra do título deste post como parte de uma música ou é pesquisador e fã de MPB ou nasceu em um mundo totalmente analógico e nos quais os meios de comunicação eram completamente diferentes. A começar pela liberdade de expressão de ideias e pelas ferramentas disponíveis para que essas opiniões se espalhassem rapidamente e sem controle mundo afora. (mais…)

Empresas B2B, prestem atenção no LinkedIn

A maioria das empresas business-to-business (B2B) que conheço ainda tem restrições ou muitas dúvidas em relação às mídias sociais, explorando pouco o potencial destas ferramentas como estratégia de comunicação, relacionamento e negócios. As que ousam, muitas vezes acabam escolhendo o Facebook como alternativa até porque, nós brasileiros, somamos 89 milhões usuários da rede. (mais…)

Imprensa não é arnica!

Quando era pequena, ouvia com frequência da minha mãe e avó: “Dá arnica que cura”. Para quem nunca ouviu falar, a arnica é uma planta parecida com um girassol, com origem nas regiões montanhosas da Europa e Sibéria. Ótima para cicatrizar as feridas, clarear os hematomas, inchaço, dor de cabeça e de garganta, entre tantas outras propriedades. Era o remédio para tudo! (mais…)