Quem lê tanta notícia?

Quem se lembra do título deste post como parte de uma música ou é pesquisador e fã de MPB ou nasceu em um mundo totalmente analógico e nos quais os meios de comunicação eram completamente diferentes. A começar pela liberdade de expressão de ideias e pelas ferramentas disponíveis para que essas opiniões se espalhassem rapidamente e sem controle mundo afora. (mais…)