Tamboré Americana – Audiência Pública

Tambore-logo

Empresa que atua no mercado imobiliário
há mais de 35 anos na grande São Paulo.

 

Cenário:

Em 2013, a Tamboré, empresa que atua no mercado imobiliário há mais de 35 anos na grande São Paulo, iniciou seu projeto de expansão no interior do estado. Um dos novos projetos é o Tamboré Americana que, a fim de atender à legislação ambiental, obrigou a Tamboré a realizar e tornar público o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA). Foi definida, pelos órgãos ambientais, a data da Audiência Pública e, dias antes, a empresa deveria deixar os documentos acessíveis para a análise de quem tivesse interesse.

Para isso, a Tamboré precisou entender o cenário político-econômico da cidade de Americana e mapear seus stakeholders a fim de estabelecer um programa de relacionamento da empresa com a cidade.

Solução:

A LVBA foi responsável pela estruturação de toda a comunicação:
» Estruturação da comunicação: definição de mensagens-chave, alinhamento de discurso e preparação de porta-vozes para a Audiência Pública e materiais de apoio;

» Estratégia de relacionamento com stakeholders, que foram mapeados em parceria com a Gargantini Comunicação – agência de Americana, além do monitoramento do cenário político e econômico da cidade e região, e a realização do evento de Audiência Pública.

» Análise do EIA-RIMA para definir Q&A;

» Preparação dos porta-vozes para tornar a linguagem técnica em coloquial entendo a pluralidade do público que estaria presente;

» Encontros de Relacionamento com líderes locais para a entrega do folder EIA-RIMA Tamboré Americana, que tornou-se uma importante ferramenta de comunicação e de esclarecimento à comunidade e jovens universitários da cidade e região, sobre o que é um processo de Audiência Pública na cidade relativo a um empreendimento imobiliário.

Resultados:

AudienciaTambore

No dia 12 de novembro de 2015, foi realizada a Audiência Pública do “Loteamento Tamboré Americana”, primeiro empreendimento da marca Tamboré na cidade, que contou com a presença de autoridades locais, líderes da comunidade, de ONG’s que tiveram a oportunidade de debater e esclarecer com os representantes da empresa as principais características do loteamento e seus principais aspectos ambientais e sociais, além dos benefícios à cidade e região.